07/04/2019

Imaginação Ativa: emaranhamento de emoções e imagens do inconsciente

Como é a sua imaginação?

Pode parecer um tanto que óbvio mas tudo o que existe (ou existiu) no Universo partiu de uma imaginação. Determinada pessoa visualizou/imaginou o seu desejo e aquilo foi materializado (é claro que até chegar a esta materialização muito foi feito, perdido, trabalhado, e etc) mas a questão é que este celular ou computador do qual você está lendo minha mensagem partiu de uma imaginação.

Existem diversas técnicas atualmente trabalhadas em consultórios com os terapeutas e psicólogos: imaginação ativa, imaginação passiva, imaginação criativa, e até mesmo a hipnose.

Carl Gustav Jung, há 100 anos atrás, na Suiça, desenvolveu a técnica muito usada que é a Imaginação Ativa. Esta técnica é voltada para a introspecção psíquica em que você aprende a dialogar com seus sintomas.

O que é Imaginação Ativa?

Em síntese, é a vivência da experiência da criação de imagens do seu inconscientes que ganharão “vida” no processo terapêutico.

Como a imaginação ativa pode te ajudar?

A técnica surge para trabalhar com o seu autoconhecimento abrangendo as suas dores, basicamente. Quando temos um sintoma que é aparentemente físico, esquecemos que por trás destas dores existem emoções, e que por trás destas emoções, existem imagens. Em outras palavras: ao encontrarmos a imagem e a emoção, podemos transformar este sintoma (lembrando que quando atuamos com vidas atuamos com complexidades, portanto, o tempo é incerto neste processo). Com tantos afazeres, esquecemos que o corpo depende da psique assim como a psique também atua no corpo.

Quais são os sintomas trabalhados pela Imaginação Ativa?

Basicamente todos, até mesmo o câncer. Caso você tenha dores nas costas, dores nos braços, dores nas pernas, dores de cabeça, apertos no peito, ansiedade, medo, angústias, pânicos, bruxismo entre tantos outros sintomas recorra a um profissional que possa te auxiliar neste processo. É uma técnica de introspecção psíquica em que você aprende a dialogar com seus sintomas. Com o corpo e a mente dialogando entre si, transformações poderão surgir.

Como é que esta Imaginação Ativa funciona?

Ao chegar no consultório, depois de diversos encontros, haverá o momento que o psicólogo irá conversar com a dor específica do seu corpo.

Caso você tenha fortes dores, por exemplo, no peito, ambos irão focar na impressão desta dor através das emoções: raiva, tédio, medo, tristeza, entre diversas outras opções que caberão apenas ao paciente destacar. A partir desta identificação, diante de diversos tipos de perguntas, podemos perguntar: "E se essa dor tivesse uma imagem, qual imagem ela teria para você?"

Eu posso fazer a Imaginação Ativa sozinho?

Não recomendo. É algo que requer muito cuidado pois é um tipo de técnica que lida com forças muito profundas. Caso você sinta interesse, recomendo um profissional que atue com esta técnica.

Abaixo, um singelo texto sobre o encontro com as emoções e imagens.

IMAGINAÇÃO ATIVA - conversando e aprendendo com os sentimentos ...

"Houve um tempo em que fugia do medo, então o medo me controlava. Até que aprendi a segurar o medo como um recém-nascido, ouvi-lo, mas não ceder. Honrá-lo, mas não o adorar. O medo não podia mais me impedir. Eu entrei com coragem na tempestade. Ainda tenho medo, mas ele não me tem.

Houve um tempo em que eu tinha vergonha de quem eu era.

Eu convidei a vergonha para o meu coração. Eu a deixei queimar. Ela me disse: “Estou apenas tentando proteger sua vulnerabilidade. Eu agradeci à vergonha, e entrei na vida de qualquer maneira, sem vergonha, com a vergonha como minha amante.

Houve um tempo em que tive muita tristeza enterrada bem no fundo. Eu a convidei para sair e brincar. Eu chorei oceanos.

Os meus canais lacrimais estavam secos. E eu encontrei a alegria ali mesmo. Bem no centro da minha tristeza. Foi o desgosto que me ensinou a amar.

Houve um tempo em que tinha ansiedade.

Uma mente que não parava. Pensamentos que não silenciavam. Então parei de tentar silenciá-los. E eu larguei da mente fui para a terra, para a lama. Onde fui abraçado fortemente como uma árvore, inabalável, segura.

Houve um tempo em que a raiva queimou nas profundezas.

Eu chamei a raiva para a luz de mim mesmo. Eu senti seu poder chocante. Eu deixei meu coração bater e meu sangue ferver. Escutei, finalmente. E ela gritou: “Respeite-se ferozmente agora!”. "Fale a sua verdade com paixão!” “Diga não quando você quer dizer não!” “Ande o seu caminho com coragem!” “Que ninguém fale por você!” A raiva se tornou uma amiga sincera. Um guia sincero. Uma linda criança selvagem.

Houve um tempo em que a solidão me tomou profundamente.

Eu tentei me distrair e me entorpecer. Corri para pessoas, lugares e coisas. Até fingi que estava “feliz”. Mas logo eu não pude correr mais. E eu caí no coração da solidão. E eu morri e renasci em uma requintada solidão e quietude.

Isso me conectou a todas as coisas. Então eu não estava só, mas sozinho com toda a vida. Meu coração Um com todos os outros corações.

Houve um tempo em que fugia de sentimentos difíceis.

Agora, eles são meus conselheiros, confidentes, amigos,

e todos eles têm um lar em mim e todos eles me pertencem e têm dignidade. Eu sou sensível, suave, frágil, meus braços envolveram todos os meus filhos internos. E na minha sensibilidade, poder. Na minha fragilidade, uma presença inabalável. Nas profundezas das minhas feridas, no que eu tinha chamado de “escuridão”, eu encontrei uma luz ardente. “Isso me guia agora em batalha.”

🔸'Imaginação Ativa', técnica utilizada por CG JUNG

🔸Texto de Jeff Foster (1980), astrofísico inglês (Cambridge)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Terapia Online

Minha prática envolve o acolhimento, cuidado, respeito, além da comunicação ativa tornando a sessão dinâmica e permitindo, assim, um espaço para o cliente falar sobre seus projetos de vida, sua busca pelo autoconhecimento e dificuldades encontradas no percurso.
AGENDAR SESSÃO
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram